Morre Michael Jackson—- Por Tuca Flash aka BR Groove

Michael Jackson (Gary, 29 de agosto de 1958Los Angeles, 25 de Junho de 2009)

Morreu um dois maiores artistas do planeta.

Considerado o Rei da música Pop, Michael Jackson foi muito mais que um cantor, foi também cantor, compositor, ator, publicitário, escritor, produtor, diretor, dançarino, instrumentista e empresário norte-americano.

Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5.

Em 1971 começou sua carreira solo ainda pela Motown, gravadora responsável pelo sucesso do grupo formado por ele e os irmãos. Apelidado nos anos seguintes de “King of Pop” (“Rei da música Popular”), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory: Past, Present and Future – Book I(1995).

Sua vida, constantemente nos jornais, somada a sua carreira de muito sucesso como rock superstar fez dele parte da história da música rock e cultura popular por mais de quatro décadas.

No início dos anos 1980, foi o primeiro cantor afro-americano a receber exibição constante na MTV. A popularidade de seus vídeos musicais transmitidos pela MTV, como “Beat It“, “Billie Jean” e “Thriller” são creditados como a causa da transformação do vídeo musical em forma de promoção musical e também de ter tornado o então novo canal famoso.

Vídeos como “Black or White” e “Scream” mantiveram a alta rotatividade dos vídeos de Jackson durante a década de 1990. Seu estilo diferente e único de cantar, bem como a sonoridade de suas músicas influenciaram uma série de artistas, Djs e produtores nos ramos do hip hop, dance e R&B.

Um dos poucos artistas a entrarem duas vezes ao Rock And Roll Hall of Fame, seus outros prêmios incluem uma série de recordes certificados pelo Guinness World Records – um deles para Thriller como o álbum mundialmente mais vendido de todos os tempos – dezenove Grammys em carreira solo e seis Grammys com The Jacksons e 41 canções a chegar ao topo das paradas como cantor solo – e vendas que superam as 750 milhões de unidades mundialmente.

Michael sempre foi fonte de inspiração para top Djs produtores do mundo todo.

Até hoje suas músicas são sampleadas, seus grooves imitados e seus CDs utilizados como referencia em estúdios por diversos produtores, devido a altíssima qualidade de mixagem, palco sonoro e masterização sempre marcantes em seus albuns.

Vamos relembrar alguns remix e singles que utilizaram samples do Rei do Pop:

– Layo & BushwackaBillie Jean 2002 (Bushwaka Mix) – hit que fez bombar pistas de dança dos quatro canto do planeta.

– Double Trouble & Rebel MC – Just Keep Rockin – que teve o hit Don´t Stop Til´ You Get de Michael Jackson sampleado. Just Keep Rockin foi um super hip house do final da década de 80, precisamente 1989, que tocou muito em todas as rádios, casas noturnas do país e do mundo.

www.estacaosonica.com.br/blog/doubletrouble.mp3

– Spirit Catcher – Voo Doo Knight que roubou o bass line de Thriller, um dos maiores sucessos da carreira de Michael.

www.estacaosonica.com.br/blog/voodooknight.mp3

– Porém Michael também sabia o que era bom e chegou a ser processado pelo lendário músico Manu Dibango, original de Camarões, África, alegando que o Pop Star copiou um sample de uma de suas canções.
O trecho em questão é o famoso refrão “mama say mama sa mama coo sa“, que Jackson usou no hit Wanna Be Startin’ Something em 1983.

Ouça o trecho sampleado de “mama say mama sa mama coo sa

www.estacaosonica.com.br/blog/mamasaymamasa.mp3

Acesse o link e veja a lista de quem ja sampleou Michael:

http://www.whosampled.com/artist/Michael%20Jackson/

Assista os principais vídeos da carreira de Michael.

80’s Disco Megamix.

http://www.youtube.com/watch?v=f1P1VksxfrM

Michael Jackson – Thriller

http://www.youtube.com/watch?v=AtyJbIOZjS8

Michael Jackson – Don’t Stop ‘Til You Get Enough http://www.youtube.com/watch?v=4_hz2am90Hk&feature=channel

Michael Jackson – Billie Jean – Live Bucharest Dangerous World Tour 1992

http://www.youtube.com/watch?v=_fkG9gQwr5Y&feature=related

Michael Jackson – Beat It

http://www.youtube.com/watch?v=ZkGOiS75Lwk

Michael Jackson – Remember The Time – MTV

http://www.youtube.com/watch?v=5_n7cftdkl0&NR=1

Michael Jackson – They Donâ´T Care About Us (With Olodum)

http://www.youtube.com/watch?v=d5q59xIFMrg&feature=related

Michael Jackson – Black Or White

http://www.youtube.com/watch?v=ZI9OYMRwN1Q&feature=fvst

Texto e pesquisa by Dj Tuca aka Br Groove

Fonte:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Michael_Jackson

http://www.sonoraeventos.com/doctor-sample.htm

http://djsound.virgula.uol.com.br/top-30-97fm/72-top-30-energia-97-fm

http://tugasample.wordpress.com/2009/01/06/sam-the-kid-vs-michael-jackson/

Novas Musicas Do Kootech- SoundCloud.

SEGUE AS NOVAS TRACKS DO KOOTECH

Kootech&Kbal_ Grizo(original mix)

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Vandalism Bucci Bag (kootech&tevez Rmx)

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Kootech_X.T.Charles_(original mix)

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Kootech, Tevez & Alex Kbal_ Mr. Kreison(original mix)

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Confira a entrevista Do Dj PunkyHead para o site do Dj Felicio Marmitex.

Recentemente saiu uma entrevista do meu amigo Gustavo (AkA Punkyhead), resolvi posta-la porque o Punkyhead, em SP e um dos mais ativos representantes do seu estilo, discoteca muito bem nas  Technics, e dono de um selo pioneiro no BreakBeat, residente de uma noite em um otimo clube em Campinas, e trabalha comigo na Aimec. Um dj em 100% do tempo.

site

Com influências que passeiam pela discografia de Prodigy, Plump DJs, Run DMC, Afrika Bambaataa, Altern 8 e Beastie Boys, o DJ Punkyhead é a alegria dos campineiros. O militante das batidas quebradas, famoso pelo pioneirismo da Krek em Campinas, está levando seu foco empreendedor adiante com o Anarchy In The Funk. O selo acaba de apresentar o single “Electric Compensation” do renomado produtor belga Radical G. Se com a noitada no clube Kraft, Punky já foi longe – é considerada (nacionalmente) a primeira noite de breakbeats no país -, espera-se o mesmo com os lançamentos de sua crew. Do electro com pegada negra às referências de Detroit, a plataforma digital promete queimar tudo até a ultima ponta. Além de muita música na ponta da agulha, o mais legal é que os amigos Punkyhead, Marcelo K2 e Br Groove curtem organizar o movimento. Como bons agitadores culturais, os caras sabem a arte de parada: reunir diversas vertentes para dar força a um seguimento maior. Colocam rock, funk, hip hop, maximal no caldeirão breaky. Sem medo de ser feliz. Se liga abaixo no bate-papo exclusivo com o artista, uma breve aula sobre a disseminação cultural dos pancadões anárquicos em Capinas, e Brasil. Enquanto lê, faça o download de “Badman Rockers”, sua recente porrada com Br Groove. Pra cair da cadeira…

(LEIA A MATERIA COMPLETA AQUI.)

FONTE: http://www.feliciomarmitex.com

http://www.punkyhead.com.br/

http://www.myspace.com/punkyheadsound

Video Kootech Dj Set No Universo Paralello 09

Galera. segue um video do  Kootech no UP2009 , la na Bahia, nos tocamos no dia 29/12 foi um emocionante set de 3 horas, 1 de Live so com as produções própias, depois 2 horas incriveis de dj set, confira o video e escute os gritos de fundo. A trilha sonora fica por conta de Mindstock & AndreBastos   Snap Shot…. Uma sonseira… uma pista incrivel, com muita vibe, pois quando as pessoas estão afim de se jogar na dança é outra historia.

Entrevista com DJ e Produtor Tuca a.k.a BR Groove

Tuca

Conheço o Tuca faz anos, desde pequeno quando comecei a frequentar as baladas ja ouvia o nome dele nas radios e nos flyers de baladas que rolavam na epoca. O Tuca é um dos responsaveis pela evoluçao da cena eltronica de Campinas. Ja é macaco véio. Tive um bom contato com ele quando trabalhamos juntos na epoca da Partyonbrazil. Percebi que ele é uma pessoa responsavel e profissional,gosta do que faz (musica). Convidou-me inumeras vezes para participar do programa rota 91 (Radio educadora) ao qual pude apresentar meu trabalho para a cidade de Campinas. Valeu Tuca !!! (Mikeda)

Um dia o Tuca me viu tocando no Kraft em Campinas, me convidou para fazer um set no Rota, desde intão a adimiração e o respeito so aumentaram, devo a ele todo agradecimento por poder aprender com ele, uma pessoa notavel, e o melhor produtor que eu conheço. No final da entrevista segue o link para download do set do DJ Tuka. (Daniel Secco).



Resolvemos estrear a coluna de entrevistas com ele em nosso blog, contando um pouco de sua história e um pouco de seu trabalho.

Entrevista com DJ Tuca a.k.a BR Groove

Como e quando surgiu tua paixão pela música eletrônica?

Gosto de musica desde de 1978, ainda na era “DISCO” quando acompanhava meu

irmão em bailinhos que rolavam na minha casa. Mais foi em 1985 mais ou menos que comecei a ter contato com a lado mais underground da música. Nessa época começava

a despontar no Brasil as primeiras faixas de acid house onde começou a aparecer nomes como Todd Terry, Armando, Frankie Knuckles entre outros.

Qual foi a primeira festa . club que você se apresentou?

Meu primeiro Club foi no Terraço Bahamas onde rolava uma balada que se chamava Latitude 2001. Lembro que eu era menor de idade e foi preciso meu pai assinar um termo com o Clube me autorizando a trabalhar.

Que vertente da música eletrônica você toca?

Na verdade não gosto de me prender a rótulos. Prefiro dizer que gosto de tocar musicas boas e que vão fazer as pessoas se divertirem. Isso não quer dizer que o set seja uma salada mista. Tudo rola dentro de uma progressão bem coerente. Geralmente meus sets variam do deep house ao techno, lógico que sempre com umas pitadas de old school.

Desenvolve outra profissão sem ser dj ou produtor? Quais?

Trabalho como coordenador de gravação na rádio Educadora FM 91,7 – Campinas, na qual também tenho um Radio Show voltado para as vertentes da e-music, o Rota 91 que está a 14 anos no ar. Alem disso, também tenho uma produtora de áudio (www.estacaosonica.com.br) onde desenvolvo trabalhos publicitários como produção de jingles, spots, trilhas para VT e vinhetas para rádio.

Fale um pouco sobre a cena eletrônica de Campinas e região?

Não imaginava que um dia pudesse chegar onde chegou. É muito bom saber que hoje posso sair de casa para a balada e ouvir exclusivamente House ou Techno.

Pensar nisso no início dos anos 90, quando comecei a trabalhar com música eletrônica, ainda era uma coisa meio impossível.

Qual a tua visão sobre o atual mercado de Dj’s no Brasil?

Acho que a tecnologia veio para ajudar a crescer esse mercado mais ao mesmo tempo acabou atrapalhando um pouco. Vejo muitas pessoas caindo de pára-quedas na profissão. Você percebe que essas pessoas gostam do glamour e da badalação da profissão, porém não existe amor pela mesma. É puro oportunismo.

Nessa nova remessa de DJs que tem aparecido, sinto falta de DJs com feeling apurado e com  cultura musical. Tem aparecido muito  DJ de top 10 Beat Port. Isso é triste.

Com a chegada da tecnologia a técnica para os DJs deixou de ser um problema. Os softwares fazem tudo automático. O diferencial fica no feeling de cada um, e nesse quesito acho que estamos em falta no mercado.

Atualmente voce tem um selo de break beat, comente um pouco sobre o teu selo digital?

O Anarchy in the Funk é um projeto meu e dos DJs e amigos, Punkyhead e Marcelo K2.

Curti a idéia do selo porque abriu minha cabeça para novas sonoridades e muita coisa tive que pesquisar para conhecer mais sobre o que iria produzir. Normalmente trabalho em parceria com o Punkyhead. O Punk conheça a fundo as sonoridades desse gênero e aí o trabalho flui com muita naturalidade.

Outra coisa bacana é que no selo não tem frescura. Quando recebemos musicas boas de outros artistas, lançamos sem nenhum problema. Já estamos preparando o quinto EP. Deve sair em Agosto.

Fale um pouco sobre suas músicas lançadas? E futuros releases?

Fechei recentemente uma parceria com uma produtora de vídeo a qual comprou os direitos de uso de 12 faixas de minha autoria. Algumas recente e outras de uns 4 anos atrás.  As faixas farão parte da trilha sonora de um DVD sobre Snow Board. Fiquei bem contente com o resultado e atualmente tenho trabalhado em novas faixas para o Anarchy in the Funk.

Como é um veterano no que diz respeito em produção de e-music, deixe aqui algumas dicas para aqueles que querem começar a produzir e-music?

O negócio e estudar e pesquisar sempre. A internet hoje é uma grande aliada e a tecnologia está mais acessível e isso facilita muito as coisas. O que não vale é ser preguiçoso. Vejo muita gente querendo tudo pronto e mastigado. Isso não rola. O mais importante é acreditar no seu potencial e correr atrás do sonho.

Até hoje corro atrás do meu.

CLICK AQUI PARA BAIXAR O SET DO DJ TUCA

Logo - estacao sonica - final - v11_email

http://www.myspace.com/djtuca